Carregando...
JusBrasil - Política
20 de abril de 2014

Eletrobras garante prestação de serviços essenciais apesar da greve de funcionários

Publicado por Agência Brasil (extraído pelo JusBrasil) - 1 ano atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Sabrina Craide

Repórter da Agência Brasil

Brasília A Eletrobras informou que a empresa está preservando as atividades essenciais para evitar danos à população e aos usuários de energia elétrica, apesar da greve dos funcionários iniciada hoje (16). Segundo a estatal, a greve por tempo indeterminado, decretada pelas entidades sindicais representativas dos seus trabalhadores, está transcorrendo em clima de tranquilidade.

Os empregados pedem um reajuste salarial de 10,47%, mas a Eletrobras ofereceu 5,1%. Segundo o diretor da Associação de Empregados da Eletrobras, Emanuel Mendes Torres, os trabalhadores estão cumprindo a determinação legal de manter pelo menos 30% dos empregados em atividade. Segundo ele, a paralisação atinge todo o sistema Eletrobras, que tem cerca de 27 mil funcionários em todo o país.

O representante disse que a empresa fechou as portas para a negociação e até o momento não há perspectiva de uma próxima reunião. Se houver uma nova reunião e tiver uma contraproposta da Eletrobras, a gente reúne os trabalhadores de novo para uma nova assembleia, disse Torres à Agência Brasil, que também é diretor do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Energia do Rio de Janeiro (Sintergia-RJ).

Em nota, a Eletrobras disse que considera a proposta de reposição integral da inflação justa e adequada e espera que os trabalhadores retornem ao trabalho imediatamente, compreendendo os limites que se impõem, especialmente considerando o cenário internacional, com forte impacto sobre a economia do país.

Edição: Rivadavia Severo

0 Comentários

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula.

ou

Disponível em: http://agencia-brasil.jusbrasil.com.br/politica/8874636/eletrobras-garante-prestacao-de-servicos-essenciais-apesar-da-greve-de-funcionarios